Páginas

Busca

Translate

19/03/2012

O Surpreendente Mundo Fast-Food

dairy-queen-hours-of-operation-2

Pare agora mesmo! Sente-se e prepare-se para descobrir coisas surpreendentes sobre o “delicioso” mundo Fast-Food, ou ‘Porcaria – Rápida’. Refrigerantes que causam câncer. Hambúrgueres com Amônia. Ingredientes inimagináveis para um lanche da tarde. São descobertas que irão mudar o seu conceito sobre delicioso, e principalmente; poderão fazer com que você deixe de “amar muito tudo isso!”

.Ingredientes Surpreendentes

Amônia – Jamie Oliver, um renomado chefe de cozinha, desmascarou as redes de Fast-Food com as seguintes palavras  "Basicamente, nós estamos levando um produto que seria vendido na forma mais barata para cães e após este processo, podemos dar aos seres humanos. Por que qualquer ser humano sensato colocaria carne cheio de amônia na boca de seus filhos?", disse Oliver em seu programa de televisão. Ele se pronunciou ao descobrir que o processamento da carne usada no recheio de seus hambúrgueres utilizava hidróxido de amônia na conversão de sobras de carnes gordurosas.

Pena de Pato e Cabelo Humano - A cisteína é um aminoácido usado pela indústria de alimentos para amaciar a massa de pastéis e outros produtos alimentícios, além de servir como realçador de sabor em alimentos para humanos e ração de cachorros. Acontece que essa substancia é extraída de uma molécula chamada de L-Cisteína, que é extraída de penas de pato, pelos de porcos e o nosso cabelo. O McDonald’s afirmou usar tal substancia em sua torta de maçã, mas a proteína é extraída apenas das penas de pato.

Areia – Sílica é um composto químico encontrado apenas na areia e quartzo, e alguns molhos levam tal composto. A ‘Taco Bell’ se utiliza do ingrediente para que a carne não se aglomere no molho. No entanto a empresa afirma utilizar apenas 2% de dióxido de silício.

Celulose – O principal composto na fabricação de Papéis, são também utilizados na produção de queijo, molho para saladas e até xarope de morango. O objetivo é substituir a gordura e aumentar o conteúdo, diminuindo assim o uso de ingredientes mais caros, como óleo e farinha. A ideia é permitir um maior consumo de fibras.

Silicone – Dos seios para as ‘McFritas’! Um tipo de silicone, conhecido como Polidimetilsiloxano ― usada tanto em cosméticos como em um certo brinquedo chamado Silly Putty, são comumente usadas por todas as redes de fast-food, e o proposito é evitar a formação de bolhas durante a fritura.

Petróleo -  O conservante terc-butil hidroquinona (TBHQ) é um composto feito a base de petróleo e que pode ser encontrado em cosméticos e produtos para a pele, além de verniz, resinas e frango empanado. Os famosos McNuggets e mais dezessete produtos da mesma rede usam o TBHQ no óleo de fritura para mantê-lo fresco por mais tempo.

Insetos – Alimentos avermelhados, como iogurtes de ‘Morango’ se utilizam de um corante produzido  a partir das fêmeas de um pequeno inseto conhecido como cochonilha, que são desidratadas e esmagadas para dar origem ao produto que é usado em carnes, salsichas, marinados, biscoitos, sobremesas, geleias, gelatinas, bebidas e outros alimentos.

 

.Refrigerantes Cancerígenos

Os refrigerantes a base de Cola, sempre foram alvos de discussões, inclusive da tão conhecida história em que se você deixar um osso de galinha num copo cheio de ‘Coca’ na manhã seguinte não há mais nada além do refrigerante. Ou seja; coitados dos seus ossos. Mas agora um estudo realizado por um órgão Americano denunciou índices altos do composto 4-MEI, que chegam a ser cancerígenos. O composto é conhecido inofensivamente como “corante de caramelo”. As pessoas em maior risco são homens na casa dos 20 anos, por consumirem grandes quantias de bebidas com corante caramelo e porque jovens são mais suscetíveis a produtos carcinogênicos que as pessoas mais velhas. Após a denuncia contra a ‘Coca-Cola’ e ‘Pepsi’, ambas disseram ter alterado a quantidade de 4-MEI em seus refris.

Fontes: Veja, TecMundo e EM.

OBS.: Os cuidados com o consumo de lanches deve ser a partir de agora, no mínimo extremamente cautelosa. Após todas essas descobertas, fica difícil em confiar em qualquer alimento industrializado, até porque a quantidade de pessoas cada vez mais acima do peso, ou portando doenças gravíssimas por conta da má alimentação, provida pela indústria, é extremamente alarmante! Por isso necessitamos de cuidado e de busca por novas informações sobre o assunto. E principalmente nos lembrar disto:

“Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é o templo do Espirito Santo, que vive em vocês e lhes foi dado por Deus? Vocês não pertencem a vocês mesmos, mas a Deus…” 1Co. 6:19.

Ou seja, buscar uma vida mais saudável é importantíssimo. Leia mais aqui!

guia-da-dieta-saudavel-1-681