Páginas

Busca

Translate

28/03/2012

Eles interpretaram mal, e mais um pouco!

casamento-gay-igreja

Há um tempo eu publiquei um artigo sobre as “Igrejas Inclusivas”, ou popularmente chamadas de  “Igrejas Gays”. Essas “igrejas” tem por proposito abraçar os “rejeitados”  pelas igrejas “tradicionais” com uma teoria pra lá de contraditória. Tal teoria diz que Você não precisa largar sua vida de pecados, porque o que você faz não é pecado, e Deus te aceita do jeito que você é, e não vai achar ruim se você não for transformado! Essa onda de igrejas inclusivas continua forte e avante, e agora mais um iluminado abre uma igreja nesses padrões!

igrejagay

A Inauguração da Igreja ‘Cidade de Refúgio’ aconteceu em Porto Alegre, RS, no último Sábado, dia 24, que tem por líder o pastor ‘Anderson Zambom’. “A igreja está vinculada a uma comunidade nacional que tem como objetivo pregar a palavra de Deus sem preconceitos quanto à orientação sexual. 

Haverá cultos de ensino bíblico para mostrar às pessoas que Deus não é aquele monstro que as igrejas pregam”, […] "Quem impôs a condição de pecado foi o homem e não Deus, porque em nenhum momento a Bíblia condena o homossexualismo. O que há é algumas traduções errôneas e o entendimento errado e manipulado da Palavra", acrescentou.

O pastor ressalta que a Cidade de Refúgio não é de uma igreja voltada exclusivamente ao público gay, mas tem o intuito de dar uma oportunidade aos homossexuais evangélicos de exercerem a religião sem serem considerados pecadores. […]

Fora as celebrações religiosas, uma das primeiras realizações da Cidade de Refúgio será a Balada Gospel, uma festa noturna voltada ao público cristão. O evento ainda não tem data marcada, e deve ocorrer até junho deste ano. O pastor tem outro plano mais ambicioso. “Pretendemos montar uma convenção nacional de igrejas inclusivas”, diz Zambom.

[…]

FONTE

OBS:  O que mais me impressiona é o disparate dele em culpar as traduções bíblicas, sem levar em conta que se assim o fosse, não poderíamos confiar na palavra de Deus porque está “tudo errado”! Bem, e até parece que Deus iria permitir que sua palavra fosse traduzida de forma errada! Então esse argumento está fora de cogitação. O pior de tudo foi dizer que o a condição de pecado foi imposta pelo homem e não por Deus. Quer dizer, alguém parou pra pensar e disse que fazer isso ou aquilo é pecado, não tem cabimento! A Palavra de Deus diz:

“Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus. Mas, pela sua graça e sem exigir nada, Deus aceita todos por meio de Cristo Jesus, que os Salva.” Rm. 3:23,24.

Não há brechas! Todos nós pecamos! Mas há uma solução; a Graça de Cristo! Mas como obter essa ‘Graça’? Simples. OBEDIENCIA! Hb. 5:9. Assim sendo deve haver regras a serem obedecidas, e na Bíblia as encontramos, inclusive vários textos que nos falam a posição de Deus sobre a homossexualidade!

Não adianta ser conveniente e dizer que a tradução bíblica está errada, e dizer que Deus ama a homossexualidade. Deus não aprova a pratica, mas aceita quem pratica a fim de que seja transformado. Não há duvidas de que a finalidade é boa, mas não bate com o evangelho verdadeiro! O verdadeiro evangelho transforma, salva! E não fica dizendo que se manter no pecado não há problema. Deus aceita a todos, mas é necessário que haja uma entrega! Mas pelas ‘frutos do espirito conheceremos o profeta, e uma teoria contraditória e a promoção de balada não são bons frutos! Esse é mais um que não ajunta, mas espalha!