Páginas

Busca

Translate

11/04/2015

O Boicote e a Hipocrisia de Sempre

babilonia1O beijo entre as senhoras Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg), da novela Babilônia, chocou bastante os cristãos (e não cristãos, mas conservadores) brasileiros que hasteiam a bandeira da moral e bons costumes.  Tanto  porque ninguém estava esperando por isso,  quanto pelo fato de ter sido logo de cara, sem dó nem piedade já no início da novela. Desta vez os autores não criaram nenhuma expectativa quanto ao beijo de seus personagens homossexuais, como vinha acontecendo nas novelas anteriores, onde o beijo ocorria apenas nos últimos capítulos com uma boa dose de marketing.
 
Como de costume houve o boicote à novela (obrigando os autores a mudarem o enredo a fim de conquistar o público e recuperar os números do ibope). Mas o que realmente quero destacar e comentar aqui é a hipocrisia à frente deste boicote pela simples razão de que nenhuma novela possui conteúdo adequado para cristãos e conservadores. O cômico é que se não estivessem assistindo, não teriam se escandalizado com a pouca vergonha exibida na TV. E este é exatamente o detalhe que poucos enxergam; todos os pecados apresentados nas novelas nunca boicotadas são toleráveis, mas apenas beijo gay é digno de boicote. Onde fica então a coerência?
 
Não pense que estou à favor da Globo (Adianto inclusive que há tempos não acompanho mais nehum folhetim) ou tampouco à causa LGBT. Meu repudio é pela incoerência do protesto que acaba manchando a imagem da igreja e mais ainda o nome de Cristo. Afinal a hipocrisia em assistir passivos diversos programas com conteúdo impróprio, mas protestar apenas por beijo gay, é demasiadamente grande e ridículo para os que estão do outro lado. É justamente por isto que Cristo nos convoca à vigiar e orar, para que nossos atos e palavras estejam em sincronia. Pois se não for assim  terminamos por causar o efeito reverso levando almas à perdição ao invés de salvação, inclusive a nós mesmos. 

Que possamos assim buscar em nossa comunhão diária com Deus, luz para sabermos como agir em momentos calorosos como este e mais ainda, pedir resistência às tentações que nos levam a assistir qualquer programa degradante para nossa fé. 

02/01/2015

Sem Amor...

...Nada somos, diz a mensagem escrita pelo apóstolo Paulo aos Corintos. 

Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada. (‭1 Coríntios‬ ‭13‬:‭2‬ NTLH)

É curioso notar nossa mania de sempre nos orgulhar por algo, sentindo-nos superioriores aos demais. E Deus nos mostra que não importa o quão incríveis possamos nos considerar, sem amor, tudo  o que somos ou fazemos é inválido. 

O detalhe é; de que amor estamos falando? Bem, amor é sinônimo de humildade. Pois é a humildade que nos coloca de igual para igual aos outros. É ela que nos leva a ter infinita necessidade de comunhão com Deus e refletir o amor dEle para o mundo, porque só a humildade enxerga a maior necessidade dos homens; Amor. 

[E] Quem ama é paciente e bondoso. Quem ama não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz uma coisa errada, mas se alegra quando alguém faz o que é certo. Quem ama nunca desiste, porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. (‭1 Coríntios‬ ‭13‬:‭4-7‬ NTLH)

Exercer o amor, em teoria, de fato, é mui fácil. E realmente, exercê-lo no dia-a-dia é tarefa complicada e para alguns, impossível. Contudo, em Deus faremos proezas e Ele o impossível, que é a nossa transformação. Não é à toa que o apóstolo João diz que quem ama conhece a Deus, porque Ele é amor. (1 João 4:7).

Portanto, em dias que estão profetizados a morte do amor no mundo, os portadores da Luz de Cristo devem exercer o genuíno amor, afinal não somos em essência, do mundo, portanto não cabe a nós o resfriamento do amor, mas sim o crescimento dele para que não haja apenas luz, mas também cor na vida cada vez mais cinza da humanidade. 








02/08/2014

28/06/2014

Futebol, Copa e Religião

A copa Mundial de Futebol da FIFA deste ano está repleta de polêmicas sócio-político-econômicas que nós brasileiros conhecemos mui bem. O Super-faturamento das obras - muitas em atraso, inclusive - e a atenção praticamente inexistente à segurança, saúde e educação pública do país, intensificaram ainda mais os escândalos e protestos. Contudo, por hora vou me abster de expandir o assunto no tocante ao lado social da coisa, para expor minha opinão sobre o lado religioso, que diga-se de passagem, por aqueles que não gostam do esporte conseguem ser bem extremistas.

***OBS*** De antemão, aviso que não sou nenhum fanático por futebol. Pelo contrario, sequer gosto de jogar, quanto mais de assistir. Apenas abro exceções nos jogos em que a seleção brasileira está participando, mais nada. 

O futebol nas igrejas cristãs evangélicas chega a ser bastante segregrado em algumas congregações, com algumas chegando ao extremo de alegar que o futebol é coisa do 'Capiroto'. Então quando você analisa mais a fundo percebe que o indivíduo na verdade não gosta do esporte e que ainda se deu ao luxo de - ninguém sabe como - odiar com todas as suas forças, e claro, achar-se superior aos irmãos que se 'maculam' com este esporte, o que, sinceramente, é pura bobagem e falta de dicernimento. 

O futebol além de ser um esporte como outro qualquer, é também uma ótima forma de se praticar exercícios físicos e de se obter lazer. Muitos homens inclusive preferem uma partida de futebol com os amigos que ir a uma academia, por exemplo. É simples questão de gosto e preferência. Assim sendo, não há problemas em alguém praticar ou assitir. O problema mesmo se dá no achismo, pois muitos associam o futebol à cervejas, brigas e mulheres, o que não quer dizer que cristãos devam se abster de pratica-lo, afinal existe a opção de se jogar tranquilamente entre irmãos, como já presenciei inúmeras vezes. 

Acontece que, para os que não gostam, é muito mais fácil julgar quem gosta, joga, assiste ou torce, pressupondo que deveria estar sendo feito algo melhor, como evangelizar pessoas. O curioso é que o próprio Deus afirma que há tempo para tudo na vida, inclusive para lazer e exercícios físicos. Então porque julgar alguém como sendo servo do Diabo, por aplicar o tempo livre para si com futebol ou qualquer outro esporte? Há todo um dia para comungar com Deus e realizar sua obra. Simples! Óbvia e infelizmente, alguns ultrapassam limites e investem todo o tempo e atenção em algo que deveria ser apenas um hobbie, mas nem por isso devemos soltar os cachorros e criar contendas. Não temos o direito de julgar ou condenar ninguém. Pelo contrario! Temos de olhar antes para nós mesmos e nos certificarmos de que não tenha nada nos afastando de Deus. É uma simples questão de dicernimento sobre pontos fracos. Para alguns é o futebol, para outros literaturas, musicas, TV, filmes, comidas, dinheiro e por ai vai. Não podemos nos dar ao luxo de condenar algo ou alguém pelo simples fato de não gostarmos deste algo. Isso se chama prepotência e complexo de santidade. Temos sim a missão de ajudarmos uns aos outros, o que inclui o ato de chamar a atenção quando vemos que o outro está em perigo no que esta fazendo, mas só! Julgar jamais! Orar sim, é muito mais proveitoso que criar contendas e ferir o outro soltando os cachorros. Devemos ter equilíbrio e compreensão ao tratarmos das falhas do nosso irmão, e não inflarmos nosso ego espiritual com um sentimento pecaminoso de superioridade e orgulho.




.Partida no Sábado

Para alegria dos brasileiros a nossa seleção foi pras oitavas de final, mas para a tristeza de nós adventistas a partida Brasil x Chile cairá em pleno Sábado. Para os que tem consciência, com certeza de absterão de assistir ao jogo, deixando apenas a sua torcida, mas deleitando-se no que realmente importa no Santo Dia do Senhor. Contudo, para alguns, infelizmente a decisão não é tão simples assim. Para estes, os que admiram e gostam muito do futebol, e para aqueles que idolatram, não se contentarão apenas em saber o resultado, querem ver com seus próprios olhos os passes, as jogadas, os gols. E não é novidade nenhuma que aqueles que costumeiramente julgam e criticam já soltaram os cachorros sobre os que já tomaram sua decisão de assitir ao jogo e nos que estão em duvida, alegando praticamente que estes são infiéis adoradores de Satanás! (Complicado esse pessoal)

Falo então por mim. Não assistirei o jogo (ao menos não ao vivo. Deixarei gravando pra assistir à noite. kkk) Me contentarei apenas em obter conhecimento do resultado posteriormente. Contudo não julgo você que talvez já tenha tomado sua decisão. Tenho meus pontos fracos e sei como é, e creio que os críticos de plantão deveriam levar isto em consideração antes de jogar veneno em todo mundo. Esquecem estes que, podem até guardar devidamente o Sábado, mas seus erros em qualquer outro dia da semana também são capazes de lhes tirar a eternidade ao lado. Não obstante, Deus nos convoca a orar uns pelos outros, afinal não temos a moral suficiente para julgar ou condenar o outro com palavras tão hostis como muitos infelizmente se ultilizam. 

Mas faço um apelo a você irmão, que porventura queira assistir ao jogo hoje. Não o faça! Não que haja problemas com o futebol em si, mas se temos todos os outros 6 dias para fazê-lo, então dediquemos o Sabado ao que realmente importa. Não se deixe levar pelo engano sutil de que é apenas um jogo. De que são apenas 90 minutos de 16 horas que você pode dedicar a Deus. Sabemos as ardis provas que nos sobrevirão em um futuro não tão distante e devemos estar prontos para elas. Se temos força suficiente para recusar bobagens, teremos forças para recusar coisas mais sérias. E se a tentação persistir, ore! Peça de Deus forças ainda na igreja, para que depois do almoço não vença o seu desejo de assitir  ao jogo. Um abraço e minhas sinceras orações! 

23/05/2014

Humor: Concorrente da Playboy




Engraçada e ao mesmo tempo lamentável a situação das nossas gurias atuais. Antes se vendiam, agora é 0800 mesmo. 

22/05/2014

Meditação do Dia: Como é Deus






"Segundo Jesus, Deus não exige reforma e santificação como condição para aceitar os que O buscam. Ele não espera transformação moral nem mesmo nosso arrependimento para nos receber." *

"Cristo ensina que a salvação não é alcançada por procurarmos a Deus, mas porque Deus nos procura" **


Somos a ovelha perdida de Deus. Constantemente estamos desbravando  prazeres desconhecidos que nos levam a sair do Seu aprisco e nos deixam perdidos em nossa trajetória rumo ao Céu. Uma trajetória que deveria ser de santidade e felicidade, torna-se uma trajetória de dor e vergonha. Contudo, temos aqui uma ótima notícia tanto para os que se afastaram, quanto para os que nunca estiveram no aprisco: Deus o aceita como é, o resto vem depois! 

Muitos alegam ser necessário estar inteiramente purificado e transformado antes de nos apresentarmos diante de Deus, contudo, Ele precisa apenas do nosso quebrantado coração e olhos cheios de lágrimas pedindo por socorro para nos tomar pela mão, nos abraçar e nos transformar, concedendo-nos a felicidade de estarmos certos da nossa salvação!  

Tenha um Ótimo Dia!




*Texto extraído do livro "Meditações Matinais" p. 146. Rodor, A. Amin e CPB [Direitos Reservados]
**Texto extraído do livro "Meditações Matinais" p. 146. Presente também no livro "Parábolas de Jesus" p. 189. White, G. Ellen / Rodor, A. Amin e CPB [Direitos Reservados]

21/05/2014

Meditação do Dia: O Pai que nos Ama




A meditação de hoje na verdade da continuação a análise da parábola do filho pródigo. Uma análise espetacular, diga-se de passagem. E hoje o foco é no pai do jovem rebelde, que como sabemos, refere-se ao nosso Pai Celeste, mais precisamente sobre a reação dele quando nós, seus filhos rebeldes nos arrependemos. 

Na história do Pródigo temos um pai que corre para abraçar seu filho antes dele ir ao seu encontro e se humilhar aos seus pés suplicando perdão. Ele ordena então que todos os vestígios de sua antiga vida sejam removidos e sejam substituídos por vestes deslumbrantes e ainda o põe sob posição importante. Temos então a definição e a imagem perfeitas de como Deus age conosco. Um Pai que, quando 'caímos em si' e nos apercebemos de nosso pecado, Ele está a postos e corre para nos abraçar assim que nos avista em nosso retorno ao lugar de onde nunca devíamos ter saído! 

Que seja esta sua motivação para hoje: não importa o que de mal fizer hoje, Deus o abraçará quando voltar arrependido. Deus com Sua Graça e Amor o alcançará antes mesmo que você possa falar qualquer coisa. Tenha um Bom Dia!